Parar de fumar engorda?

16 ago Parar de fumar engorda?

Quando o assunto é abandonar o cigarro uma grande dúvida que surge é: “parar de fumar engorda?”.  A verdade é que normalmente, parar de fumar pode engordar sim e existem alguns fatores que levam a esse ganho de peso.
“Existe uma conexão ativada com a entrada de nicotina e o encontro da mesma com determinados receptores do cérebro localizados no hipotálamo, que é exatamente o mesmo local responsável por controlar nossas emoções e o nosso controle de apetite, e é por esse motivo que fumar ou parar de fumar pode trazer tantos transtornos que envolvem a ansiedade e o ganho de peso, diz Gabriela Forte – Coordenadora do Setor de Nutrição do Espaço Volpi.
A parte boa é que existem ações que podem facilitar esse desafio porque afinal, o esforço é válido. Os benefícios para a saúde ao parar de fumar são muito superiores e podem reverter em médio prazo os malefícios causados pelo tabagismo. A seguir confira algumas dicas sugeridas por Gabriela Forte (Espaço Volpi) que podem ajudar neste processo:

1 – Beba água
Beber muita água pode ser um ponto muito importante. Esse mesmo setor do cérebro que controla o apetite e é ativado pela nicotina é responsável por comunicar o nosso organismo a sede, portanto manter a ingestão de água alta pode enganar a vontade de comer descontrolada. Além disso a água é um desintoxicante natural, responsável por excretar todas as substância tóxicas geradas pelo tabagismo.
Os chás também podem ser uma ótima opção, camomila, jasmin e valeriana, também auxiliam no controle da ansiedade

2 – Aumente o consumo de alimento fontes de vitamina C
O tabagismo prejudica na absorção de algumas vitaminas, entre elas a vitamina c encontrada em altas concentrações nas frutas cítricas. Ao fumar o seu corpo não consegue manter níveis adequadas de vitamina c, pois o corpo é enganado pela entrada da substância tóxica e tenta buscá-la nos elementos da nicotina, por esse motivo esse alto consumo durante essa fase de transição pode ajudar.

3 – Invista em alimentos ricos em ômega 3
O aumento do aporte de ômega 3 vai auxiliar na melhora de produção do hormônio serotonina, melhorando a sensação de bem estar e controlando a ansiedade causada pela retirada desse vicio.
Um ótimo exemplo é o óleo de linhaça que pode ser extraído pela trituração das sementes.

4- Coma frutas vermelhas
Alimentos ricos em antioxidantes como as frutas vermelhas também são bem vindos. Imprescindíveis para combater os radicais livres gerados por esse hábito.

Deixar de fumar e engordar não é uma regra, algumas atitudes que valem para qualquer rotina saudável também vão auxiliar nessa missão:
– Faça atividade física, a prática vai ajudar a controlar a ansiedade, elevar o seu metabolismo, queimar calorias e combater o stresse;
– Não pule as principais refeições (café da manhã, almoço e jantar) e havendo ansiedade coma uma fruta entre essas refeições.
– Coma devagar e mastigue bem os alimentos;
– Quando a dependência física bater tenha sempre em mãos palitos de vegetais crus como cenoura, pepino (essa ação psicológica de segurar alimentos com cortes parecidos com o cigarro pode ajudar bastante, comenta Gabriela Forte
– Fuja das tentações, não tenha em casa alimentos calóricos como: doces, salgadinhos e evite frituras
– Evite o consumo de álcool e café (gatilhos para fumar) pelo menos num primeiro momento;
– Mexa-se, use escadas, pare o carro mais longe, caminhe.

E lembre-se: os efeitos causados pelo fumo serão sempre mais prejudiciais do que o aumento de peso!

Por Equipe Espaço Volpi – revisão final por Gabriela Forte (coordenadora de nutrição do Espaço Volpi)

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!