Nosso Blog

Entre em contato

Metabolismo Feminino. É possível mudar em 45 dias?

06 mar Metabolismo Feminino. É possível mudar em 45 dias?

O Metabolismo Feminino – É possível mudar em 45 dias?

Não é nenhum segredo que o metabolismo feminino tem um funcionamento diferente do masculino.

Enquanto homens perdem peso e ganham massa magra mais facilmente, já que de forma geral possuem corpo maior e mais músculos, o que ajuda a queimar gordura mais rápido – as mulheres encontram mais dificuldade nesses quesitos.

Entretanto, é possível às mulheres acelerar o metabolismo, aumentando gradativamente a sua massa corporal também, através de algumas ações estratégicas.

Antes, uma palavrinha técnica sobre o metabolismo:

O metabolismo nada mais é do que as reações químicas do corpo que consomem energia e produzem ou modificam as moléculas.

O processo metabólico se divide em dois grupos:

  • Anabolismo:é responsável pela construção de toda a matéria orgânica dos seres vivos, por exemplo, a síntese proteica dos aminoácidos ingeridos através dos alimentos.
  • Catabolismo:é responsável em fazer o processo inverso, ou seja, possui reações destrutivas, onde há quebras de substâncias, por exemplo, a quebra do tecido muscular para a liberação de energia.

Ao realizar uma atividade física, mulheres gastam menos calorias do que homens.

Exemplo: numa atividade aeróbica, uma mulher gasta até 600 calorias, enquanto um homem pode queimar até 800 calorias.

Homens têm mais massa muscular, graças à Testosterona. Para muitas mulheres que desejam emagrecer, é importante medir o nível de testosterona do organismo e se necessário, suplementar.

As mulheres têm mais gordura e essa gordura fica predominantemente localizada nos quadris, culote e nádegas.

Metabolismo Basal

O processo metabólico está ligado diretamente à quantidade de calorias produzidas por uma pessoa dentro do período de 24h por dia, onde ela esteja em repouso de aproximadamente 12h.

É responsável em manter o funcionamento do organismo e das funções básicas como respiração, temperatura corporal, batimentos cardíacos, cérebro, pulmões e entre outros.

As diferentes fases do metabolismo feminino

Entre os 20 e 30 anos

Pasmem – nessa fase a produção do colágeno do corpo já começa a diminuir.

O ideal é iniciar a suplementação já nessa fase e consumir proteínas Nessa fase é essencial adotar uma rotina de exercícios físicos a longo prazo.

Entre os 30 e 40 anos

Nessa fase, o metabolismo tem uma queda mais evidenciada.

Desta forma é interessante diminuir a ingestão calórica e iniciar um controle da alimentação. Ela deve ser composta por alimentos ricos em proteínas magras, vitaminas, minerais e carboidratos integrais em menor quantidade.

Invista em probióticos, que contribuem para uma melhor absorção de nutrientes, evitando deficiências de vitaminas e minerais.

Entre os 40 e 50 anos

É ideal aumentar o consumo de frutas, chás anti-inflamatórios (como o chá verde, de romã e de amora) e de proteínas magras, como peixes, frango, soja, cogumelos, iogurte e queijos magros. Isso é fundamental para ganhar massa muscular, o que consequentemente aumentará o metabolismo, que nessa fase está em declínio constante. A soja também é aliada da mulher neste período.

A partir dos 55 anos em diante

Abuse de frutas vermelhas, principalmente as berries, que contém os antioxidantes mais potentes do mundo.

É possível substituir as berries por açaí – máximo de 3 colheres de sopa diárias.

Uma rotina de exercícios é essencial e também a ingestão de água maior (3 litros de água por dia).

Abuse da variedade de frutas e legumes para evitar deficiências nutricionais e suplemente a vitamina D.

É possível mudar o metabolismo feminino em 45 dias?

Sim. É possível.

A combinação das dietas cetogênicas, Low Carb, com o Jejum Intermitente e suplementações específicas para o corpo feminino podem trazer resultados interessantes para uma mudança corporal positiva.

Além disso, é possível utilizar ações estratégicas coadjuvantes – os procedimentos estéticos de última geração, como o congelamento de gordura localizada, a radiofrequência seletiva, implantes hormonais entre outros.

Claro que cada organismo é único e para qualquer tipo de ação efetiva, se faz necessária uma análise personalizada feita por médico nutrólogo, nutricionista e fisioterapeuta para um plano individual, que levará em conta fatores únicos de cada mulher.

Pro Woman Body – 45 Days

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!