Dicas para potencializar a hipertrofia muscular

13 set Dicas para potencializar a hipertrofia muscular

Se você quer ter hipertrofia e ganhar massa muscular você precisa ingerir mais colorias do que gasta.
A ingestão de proteína é fundamental, mas não adianta só comer proteína, você também precisa ingerir uma quantidade adequada de carboidratos e gorduras boas que vão auxiliar no aumento da testosterona (hormônio produzido naturalmente pelo corpo humano e responsável por potencializar a síntese proteica e a captação de aminoácidos nos músculos), sendo o hormônio fundamental para a hipertrofia muscular.
Nesse processo da ganho de massa muscular você pode utilizar suplementos no pré-treino, pós-treino e ao longo do dia. No pré-treino os principais são malato de dicreatina, beta-alanina, vasodilatadores como: arginina AKG, citrulina, pycnogenol e estimulantes como: cafeína, teacrina e taurina. No pós-treino o recomendado é a ingestão de uma proteína associada a um carboidrato, essa combinação fará com que essa proteína chegue mais rápido ao músculo, por exemplo associação de maltodextrina, waxy maize com whey protein.

Se você faz uma dieta cetogênica pode substituir a dupla carboidrato/proteína pela dupla proteína/triglicérides de cadeia média (TCM).

O uso de hormônios é indicado quando o indivíduo tem alguma deficiência hormonal que pode estar relacionada a diversos fatores como doenças crônicas e/ou associada a um ritmo muito estressante de vida. Para que se identifique a necessidade de reposição hormonal é necessário consultar-se com um médico para te ajudar a fazer essa reposição de maneira correta.

Algumas dicas para estimular seus hormônios de forma natural

A melhor maneira de você manipular seu hormônios é através da dieta e do seu estilo de vida.
Para pessoas saudáveis que querem estimular naturalmente os hormônios que favorecem o ganho de massa muscular, a maneira mais inteligentes é através da dieta, por exemplo: a ingestão de gorduras boas ajudam a aumentar a testosterona, comer carboidratos bons com frequência favorecem o aumento do nível de insulina que regula o processo de síntese do glicogênio e proteínas musculares, o que é fundamental para a hipertrofia muscular.
Uma boa noite de sono e a prática de jejum intermitente são algumas maneiras de aumentar o GH (hormônio do crescimento) e baixar o cortisol (hormônio que contribuí para a perda de massa muscular).

E lembre-se sempre a tríade para um crescimento muscular saudável é: treino forte e consistente, nutrição equilibrada e descanso.

Por Equipe Espaço Volpi – revisão final por Dr. Diogo Simão CRM 149.544 (médico do Espaço Volpi)

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!