Nosso Blog

Entre em contato

Dicas para envelhecer bem

10 jan Dicas para envelhecer bem

Você sabe qual a receita para uma vida longa e saudável?

Cada vez mais a expectativa de vida das pessoas tem aumentado e precisamos lembrar o quão importante é buscarmos a qualidade de vida, que se traduz principalmente em autonomia, independência, saúde física e mental.
O avanço da idade, como tudo na vida, traz vantagens e desvantagens. Entre algumas vantagens poderíamos citar a experiência de vida, melhor capacidade de tomar decisões, aumento da confiança, maior valor à família, etc.
Dentre as desvantagens, diminuição de energia, problemas de saúde, limitações físicas e de memória.

Diversas pesquisas têm sido feitas no intuito de retardar o envelhecimento das células via medicamentos ou dietas. O objetivo é reduzir o máximo o curso do envelhecimento como perda de massa óssea e muscular e outros problemas de saúde. Mas por enquanto, o elixir da juventude continua nas pesquisas e nos laboratórios. O consenso existente até momento é: alimentação saudável, exercício físico e mental e vida social.

– Alimentação – mais próxima possível da alimentação natural, orgânica, não processada.

– Exercício físico – todos os tipos, ou seja, exercícios aeróbicos como dança e caminhada; exercícios resistidos, como musculação e hidroginástica; exercícios de equilíbrio como yoga e tai chi chuan. Os exercícios são essenciais para reduzir perda de massa muscular e óssea e perda de força, ainda melhora raciocínio, memória, função imunológica, intelectual e promove o bem estar em geral.  Nunca é tarde para começar!

– Exercício mental – busque aprender sempre. Assim como os músculos, o cérebro também precisa ser exercitado. Pode ser aprender um idioma, fazer palavras cruzadas, crochê, pintura, tocar um instrumento. Leia livros, revistas, jornais. Esses exercícios mentais precisam trazer prazer, conhecimentos novos e alguma dificuldade para valer como um verdadeiro exercício de fortalecimento.

– Vida Social e espiritualidade – pessoas acima dos 90 anos que possuem uma vida saudável e com autonomia, além de seguirem as dicas acima, parecem ter uma atitude mais positiva em relação à vida, são menos estressadas e mantêm um círculo social de qualidade. Outro fator importante também nessas pessoas é cultivar de alguma forma a espiritualidade e a fé na vida.

(Por Equipe Espaço Volpi)
Your html code will go here