Nosso Blog

Entre em contato

Como fortalecer o seu sistema imunológico

Como melhorar o seu sistema imunologico

11 mar Como fortalecer o seu sistema imunológico

No mundo todo não se fala de outra coisa – coronavírus e como fortalecer o sistema imunológico e combater doenças é uma pergunta frequente.

Apesar dos casos graves ocorridos na China e na Itália, a maioria das pessoas que tiver contato com o coronavírus e que estiver com a imunidade em dia, provavelmente não vão desenvolver nenhum sintoma grave ao ter contato com esse vírus.

No geral, seu sistema imunológico faz um trabalho notável em defender o corpo  contra microorganismos causadores de doenças.

Mas às vezes ele falha e doenças oportunistas podem atacar,

É possível intervir nesse processo e impulsionar seu sistema imunológico? E se você melhorar sua dieta? Tomar certas vitaminas? Fazer outras mudanças no estilo de vida pode produzir uma resposta imune quase perfeita?

O sistema imunológico é precisamente isso – um sistema, não uma entidade única. Para funcionar bem, requer equilíbrio e harmonia.

Atualmente, os pesquisadores de Harvard estão explorando os efeitos da dieta, exercício, idade, estresse psicológico e outros fatores na resposta imune, tanto em animais quanto em humanos, buscando fortalecer o sistema imunológico.

Enquanto isso, estratégias gerais de vida saudável são uma boa maneira de começar a dar vantagem ao seu sistema imunológico.

Sua primeira linha de defesa é escolher um estilo de vida saudável.

Portanto, seguir as diretrizes gerais de boa saúde é o melhor passo que você pode tomar para manter naturalmente seu sistema imunológico forte e saudável.

Todas as partes do corpo, incluindo o sistema imunológico, funcionam melhor quando protegidas contra ataques ambientais e apoiadas por estratégias de vida saudável, como:

Não fumar.
Fazer uma dieta rica em frutas e legumes.
Exercitar-se regularmente.
Manter um peso saudável.
Bebidas alcoólicas apenas com moderação.
Dormir adequadamente.
Lavar as mãos com frequência e cozinhar bem as carnes.
Tentar minimizar o estresse.

Dieta e seu sistema imunológico

Como qualquer força de combate, o exército do sistema imunológico marcha sobre seu estômago. Guerreiros saudáveis ​​do sistema imunológico precisam de nutrição regular e boa.

Os cientistas há muito reconhecem que as pessoas que vivem na pobreza e estão desnutridas são mais vulneráveis ​​a doenças infecciosas.

Então o que você pode fazer?

Se você suspeitar que sua dieta não está fornecendo todas as necessidades de micronutrientes – talvez, por exemplo, você não goste de legumes – tomar um suplemento mineral e multivitamínico diariamente pode trazer outros benefícios à saúde, além de possíveis efeitos benéficos para o sistema imunológico.

Estresse e função imunológica

A medicina moderna passou a apreciar a relação intimamente ligada da mente e do corpo.

Uma grande variedade de doenças, incluindo dores de estômago, urticária e até doenças cardíacas, estão ligadas aos efeitos do estresse emocional.

Apesar dos desafios, os cientistas estão estudando ativamente a relação entre estresse e função imunológica.

Por um lado, é difícil definir o estresse. O que pode parecer uma situação estressante para uma pessoa não é para outra.

Quando as pessoas são expostas a situações que consideram estressantes, é difícil medir quanto estresse elas sentem e difícil para o cientista saber se a impressão subjetiva de uma pessoa sobre a quantidade de estresse é precisa.

O cientista só pode medir coisas que podem refletir o estresse, como o número de vezes que o coração bate a cada minuto, mas essas medidas também podem refletir outros fatores.

A maioria dos cientistas que estuda a relação entre estresse e função imunológica, no entanto, não estuda um estressor repentino e de curta duração.

Ao invés disso, eles tentam estudar estressores mais constantes e frequentes, conhecidos como estresse crônico, como o causado pelo relacionamento com a família, amigos e colegas de trabalho ou desafios contínuos para um bom desempenho no trabalho.

Alguns cientistas estão investigando se o estresse contínuo afeta a imunidade e como evitá-lo para fortalecer o sistema imunológico.

Exercício: bom ou ruim para a imunidade?

O exercício regular é um dos pilares da vida saudável. Melhora a saúde cardiovascular, diminui a pressão sanguínea, ajuda a controlar o peso corporal e protege contra uma variedade de doenças.

Mas isso ajuda a impulsionar seu sistema imunológico naturalmente e a mantê-lo saudável?

Assim como uma dieta saudável, o exercício pode contribuir para a boa saúde geral e, portanto, para um sistema imunológico saudável.

Pode contribuir ainda mais diretamente, promovendo uma boa circulação, o que permite que as células e substâncias do sistema imunológico se movam livremente pelo corpo e façam seu trabalho com eficiência.

E a suplementação, é necessária?

Suplementações com vitamina D, vitamina C e glutamina podem ser indicados para fortalecer a imunidade.

Sabe-se que a falta de vitamina D é causada por um organismo que está com o sistema imunológico enfraquecido.

Já a vitamina C é um poderoso antioxidante, que protege nossas células dos radicais livres, tornando o sistema mais forte contra invasores.

A glutamina é um aminoácido que age na microbiota intestinal, melhorando a absorção de nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Quero agendar uma consulta

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!