Como defender sua pele do frio

27 abr Como defender sua pele do frio

Quando o tempo esfria, a tendência é a gente deixar de lado o banho morno ou frio, e optar pela água quente. Sim, banho nessas condições é mais confortante quando a temperatura despenca. O problema é que isso pode ressecar a pele tanto quanto o frio em si. É que a água aquecida tira a oleosidade natural da cútis, além de deixá-la vermelha e provocar coceira. O.K, é complicado entrar debaixo da ducha morna durante o frio. Um truque que costuma funcionar é usar um aquecedor no banheiro para garantir uma temperatura ambiente mais agradável, enquanto você tira a roupa para o banho. Daí o banho morno pode ser menos penoso, desde que você não fique horas debaixo do chuveiro. Agora, é preciso também lavar-se corretamente no inverno para evitar o ressecamento da pele. É importante, por exemplo, não exagerar na espuma produzida pelo sabonete e descartar o uso de bucha. Assim, você evita que haja alteração na composição do manto hidrolipídico produzido pelo organismo e que funciona como um hidratante natural que protege a pele do ressecamento. E, por último, logo após o banho passe um hidratante no corpo todo. A pele ainda estará úmida, facilitando a penetração desse produto que também é uma benção contra o ressecamento.

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!