Nosso Blog

Entre em contato

Alimentos à base de plantas e vegetais

26 fev Alimentos à base de plantas e vegetais

Há uma tendência mundial em adotar alimentos à base de plantas e vegetais, que são alternativas para carnes, sorvetes, iogurtes e massas, segundo dados do Euromonitor International.

Alimentação com base em vegetais e plantas

Alimentos baseados em vegetais e plantas

Comer mais alimentos à base de plantas e vegetais, como frutas, legumes, grãos integrais e nozes, tem sido a parte mais difícil das recomendações alimentares para a maioria das pessoas.

Isto porque, de certa maneira é necessário treinar o paladar, especialmente o acostumado a ingerir alimentos ricos em açúcares artificiais ou muito acostumados ao consumo de proteína animal.

Frutas na alimentação

Frutas in natura na alimentação

A presença dessa tendência na lista significa que as inovações em tecnologia de alimentos encontraram maneiras de ajudar os vegetais e plantas a fazerem parte de nossa dieta de maneiras saborosas e convenientes.

Os produtos com proteínas vegetais e massas à base de vegetais são apenas alguns exemplos do poder dessa tendência para a saúde.

Tendência saudável

“Saudável” é a principal expectativa do consumidor de produtos alternativos à base de plantas.

A incorporação de fibras, grãos integrais, frutas e vegetais pode ajudar a proteger esta tendência no futuro

Essa tendência traz, por exemplo, a nutrição dos laticínios de volta em alternativas como o leite de amêndoas, de soja, de coco, para evitar a criação de lacunas de nutrientes nas dietas.

Contudo, é importante ressaltar que nem todas as proteínas vegetais são iguais.

Evitar x incluir

O futuro dos produtos à base de plantas e vegetais é garantir que eles atendam às expectativas de serem saudáveis.

Nas últimas décadas, a mentalidade dos consumidores que procuravam produtos com bases vegetais era era ‘evitar‘.

Veganos e vegetarianos evitam carne, produtos de origem animal ou pessoas que tem alguma intolerância, por exemplo, à lactose.

Agora, a mentalidade dominante por trás de produtos vegetais é “incluir” esses produtos vegetais como uma fonte saudável de alimento.

Segundo uma pesquisa do Ibope, realizada em 2018, no Brasil 14% das pessoas declararam-se vegetarianas.

Isto representou um salto desde 2012, quando apenas 8% da população privilegiava os produtos sem origem animal na sua alimentação.

Por Equipe Espaço Volpi

Quero agendar uma consulta

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!