Mais força por menos tempo

mais forca por menos tempo

06 abr Mais força por menos tempo

Não há dúvidas de que fazer musculação ajuda a desenhar o corpo e proporciona muitos outros benefícios à saúde. Por exemplo: reforça a musculatura que dá a sustentação a importantes articulações do corpo como a de joelhos e pontos chaves da boa postura, caso da coluna. Esse reforço minimiza os riscos de lesões e dores.

Não é sem motivo que essa atividade faz parte da preparação física de pessoas (atletas ou não), que praticam alguma modalidade esportiva. Mas nem todos acham a musculação uma atividade prazerosa. Geralmente, quem não gosta, alega se tratar de algo monótono.

O que talvez essas pessoas têm em mente são os treinos de antigamente, quando se ficava mais de uma hora “puxando ferro”, fazendo vários exercícios.

Os novos estudos a respeito, no entanto, apontam que é melhor apostar em um treinamento de curta duração, mas intenso, para se obter melhores resultados.

Ou seja, seu treino na musculação pode durar apenas meia hora, desde que você tire o máximo de proveito dele nesse período, exigindo bastante de seus músculos. E isso significa também fazer poucos exercícios, inclusive focando apenas um ou dois grupos musculares por dia.

Pode ser mais proveitoso, ainda, fazer musculação diariamente por menos tempo, do que ficar mais de uma hora puxando ferro, duas ou três vezes na semana. E, para quebrar de vez a monotonia, há alternativas como programar o treinamento na forma de super séries, quando se emenda um exercício no outro, sem intervalo. Ou, ainda, executar uma única série de um mesmo exercício até a exaustão do músculo, método conhecido nas academias como “falha”.

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!