Conheça 5 hábitos que atrapalham a dieta

hábitos que atrapalham a dieta

20 set Conheça 5 hábitos que atrapalham a dieta

O verão está chegando e junto com ele a preocupação por parte das pessoas a respeito da aparência exibida nas praias, clubes e locais públicos. Muitos optam por então fazer dieta, e assim, ficar bem nos trajes de banho. Porém, alguns fatores emocionais podem prejudicar a dieta e impedir a boa forma física na estação mais quente do ano.

Hábitos que atrapalham a dieta

A boa forma pode ser conquistada com as mudanças de hábito como a prática de atividade física e alimentação balanceada. 

Conheça quais são os hábitos que atrapalham a dieta:

 

1) RADICALISMO E PRESSA

Começar uma dieta sendo radical não ajuda na conquista dos resultados. Mudar os hábitos e rotinas de um dia para o outro não funciona porque os resultados dependem de uma adaptação! Dietas restritivas não se sustentam por muito tempo, sua chance de recaída é maior e ainda você volta a comer muito mais que antes, é como se estivesse preso, esperando esse momento. O que funciona realmente é mudar os hábitos de vida, não encarar a dieta como uma fase, pois assim você já pré determina que tem dia para acabar.

2) ALIMENTOS ERRADOS

Consumir alimentos integrais, lights e diets: esses alimentos contém esse apelo de serem saudáveis, mas na verdade tem muito açúcar embutido com outros nomes de uma forma disfarçada! O ideal nem seria consumir alimentos industrializados e sim comida de verdade. A dica é “descasque mais e desembrulhe menos”.

3) PENSAMENTOS SABOTADORES

Quando ‘furar’ a dieta e comer algo que não estava nos planos, trate isso como algo isolado e não se culpe ou fique se lamentando. O importante é o que acontece em seguida- por isso, não deixe esse pequeno furo gerar pensamentos negativos e pensar que “como já que estraguei tudo mesmo, pode errar novamente”, então lembre-se, se furar a dieta, volte para ela logo em seguida.

4) CONFUNDIR FOME REAL COM EMOCIONAL

A fome pode ser causada por ansiedade, tristeza e alegria, por isso é necessário saber diferenciar. Fome real geralmente aparece após 3 horas da última alimentação, aumenta de forma gradativa, pode ser temporariamente saciada com liquido (água) e qualquer alimento é bem aceito. Já a fome emocional vem a qualquer momento, não consegue diminuir a vontade com líquidos, e tem desejo de alimentos específicos (geralmente doces e guloseimas). Atente-se nessas dicas pois se o problema não é a fome, comida não é a solução.

5) FALTA DE FORÇA DE VONTADE

Primeiramente quem realmente deseja emagrecer e mudar o estilo de vida não espera a segunda feira chegar, não arruma desculpas como “minha genética não ajuda”, “comida boa ou funcional são caras” ou “minha rotina é pesada”! Aceite sua realidade atual e comece a ajustar e melhorar o que dá nesse momento, comece mesmo que com pequenas mudanças, qualquer passo para a saúde já é uma grande ação.

 

Fonte

Gostou deste artigo? Então enriqueça este artigo com seu comentário, registre a sua opinião e compartilhe conosco suas experiências!